segunda-feira, 15 de março de 2010

Projeto Arquitetônico do MIS - Museu da Imagem e do Som

O novo MIS - Museu da Imagem e do Som, no Rio de Janeiro, será construído onde hoje se encontra a boite HELP na Praia de Copacabana.
O projeto do escritório nova-iorquino é inspirado no calçadão de Copacabana e abrigará biblioteca, videoteca, café, restaurante, espaço para shows, palestras e até mesmo salas de exibição ao ar livre.
O escritório Diller Scofidio + Renfro, dos arquitetos Elizabeth Diller e Ricardo Scofidio, venceu o concurso de projeto para a nova sede do MIS do Rio de Janeiro, que será construída em Copacabana. A escolha foi anunciada no dia 10 de agosto pelo governador carioca, Sérgio Cabral, e pela secretária de Cultura, Adriana Rattes. O custo da obra é estimado em R$ 65 milhões.

Além do ganhador, também foram convidados pelos organizadores do concurso outros seis escritórios: o americano Daniel Libeskind, o japonês Shigeru Ban e os brasileiros Bernardes Jacobsen, Brasil Arquitetura, Isay Weinfeld e Tacoa Arquitetos.

O projeto de Elizabeth Diller e de Ricardo Scofidio propõe a "verticalização" (imagem acima) do calçadão de Copacabana para a nova sede do Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro. O prédio de cinco pavimentos será concebido como se fosse um fole de sanfona na horizontal, com escadas e rampas fazendo o acesso aos andares. Vidros permitirão a visualização interna do museu pelas pessoas que circulam do lado de fora.

Internamente, o novo MIS terá salas de exposição fixas e temporárias, biblioteca, videoteca, café, restaurante, espaço para shows, palestras e até um auditório para projeções no topo do prédio, ao ar livre. Além disso, a edificação também possuirá dois pavimentos de estacionamento e salas reservadas para a administração do museu. 

De acordo com informações do Governo do Rio de Janeiro, as obras do futuro MIS devem se iniciar em até dois meses e a perspectiva é de que o espaço seja aberto ao público em abril de 2012. O projeto está orçado em R$ 65 milhões, sendo que cerca de R$ 50 milhões virão do Estado e o restante será captado por meio de parcerias privadas.


Veja abaixo as outras propostas criadas 
para a nova arquitetura do MIS do Rio de Janeiro: 

Projeto de Bernardes & Jacobsem

Projeto de Isay Weinfeld

Projeto de Brasil Arquitetura

Projeto de Daniel Libeskind

Projeto de Tacoa Arquitetos

Projeto de Shigeru Ban



Fonte:  recebi essa apresentação por email, mas não continha os créditos, infelizmente.

2 CLIQUE AQUI E COMENTE!:

Suziley disse...

Muito interessante sua postagem Cintia. Parabéns!!
Tenha uma ótima semana, beijos, :)
Suzi.

c i n t i a disse...

Obrigada Suzy!
Uma semana linda pra vc tb.
^^

=*

ShareThis