segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Advogado vira artista brincando com Lego

Que atire a primeira peça retangular de Lego quem nunca sonhou, durante a infância (ou mesmo depois dela), em ter como profissão a deliciosa e terapêutica tarefa de montar esculturas enormes usando os famosos bloquinhos coloridos? O artista americano Nathan Sawaya foi muito além da mera vontade e transformou o brinquedo em seu trabalho.
Radicado em Nova York, Nathan foi advogado em um bem conceituado escritório de Manhathan durante anos. Neste ambiente formal, em um concurso que encorajava os advogados a encontrarem um novo uso para objetos já consagrados, as pecinhas de Lego entraram em sua vida de vez e, claro, que ele ganhou a competição.
Suas peças são feitas inteiramente de Lego e cada uma delas pode consumir centenas ou até milhares de bloquinhos, dependendo do tamanho. Atualmente em cartaz na Galeria Agora  de Nova York, com a exposição “Red”, que vai até o dia 14 de dezembro deste ano, o escultor desenvolve principalmente esculturas e retratos, que têm formas quase que primárias e tridimensionais.


Em uma mistura de pop art e surrealismo, os trabalhos recentes apresentados na galeria têm uma pegada mais biográfica e introspectiva, representando muitas vezes algumas ideologias e sentimentos íntimos de Nathan.


Além disso, é uma vertente do mundo das artes que atrai, mesmo que por motivos distintos, pessoas das mais diferentes idades, desde crianças que brincam com as peças no dia a dia, até adultos que se sentem nostálgicos ao lembrarem sua infância com o brinquedo.
A habilidade de Nathan em transformar simples blocos de plástico em esculturas, que apesar de serem complexas na fase de produção, passam um sentimento de simplicidade quase orgânica quando estão prontas, mostra que de fato não são necessários elementos mirabolantes para se fazer arte de qualidade.


O artista, que já trabalha em novas ideias para as duas mostras que pretende abrir esse ano, confessa possuir mais e 1,5 milhões de peças de Lego em seu estúdio (bem que ele poderia ser patrocinado pela empresa criadora dos bloquinhos... às vezes é e eu nem sei.). É ou não é o sonho de qualquer criança e de muito marmanjo por aí?

De todas as obras que eu vi, essa é a minha favorita!!!! [Cintia]

Essa obra me faz pensar que ele era um artista aprisionado no corpo de um advogado frio
e sem vida, que depois é deixado para tras quando seu veradeiro EU resolve vir à tona com
toda sua força e criatividade, mudando sua vida para sempre [Cintia].


Veja esse video de 26seg. que mostra o artista em ação.
Pela agilidade dele, até parece que é fácil montar esses bonecos!



Fonte: Colherada Cultural
Fotos: Site do artista

3 CLIQUE AQUI E COMENTE!:

Giovana Damaceno disse...

eu mal conseguia montar um carrinho, com aqueles bonequinhos que vinham pra gente decorar as 'criações'...

YuRii disse...

nem da pra acreditar que ele fez tudo isso com lego!! :O

Genis disse...

Impressionante...

ShareThis