terça-feira, 12 de abril de 2011

Desisti de desistir. Por enquanto.

Pô, esses dias eu tava puta com um monte de coisas. Chateada com os quatro ônibus que eu pego todos os dias para ir trabalhar, chateada com umas coisas que a gente fica sabendo - e que vc não teve nada a ver com aquilo, mas os outros acham que vc tem e querem te cobrar, chateada com esses homens que aparecem na minha vida só para atrapalhar. Preciso emagrecer uns 10kg, mas depois dos 30 é tudo diferente! O metabolismo muda, seu corpo muda e nada é tão fácil como antes que com uma simples dieta tudo se resolvia. Vou para a academia todos os dias, uma hora de ginástica aeróbica de alto impacto mais exercícios localizados com pesos. Faço isso religiosamente há uns dois meses. Mas ainda não aconteceu muitas mudanças no peso. Algumas medidas diminuíram, de fato. Mas eu preciso de mais, maaaais...
São várias coisinhas pequenas que vão acumulando no dia a dia e que chega uma hora que vc começa a se sentir meio derrotada. Parece que nada acontece. Dá uma vontade de largar tudo, ligar o botão do foda-se! Foda-se a minha saúde, foda-se a estética imposta pela sociedade, foda-se para todos esses imbecis que querem te comer e ir embora. Foda-se maior ainda para todas as pessoas que querem que vc se encaixe em um perfil pré-determinado e que só existe de fato na cabeça delas, mas a gente acaba se enquadrando de uma maneira tão justa que não consegue ficar fora desse perfil.
Eu tava muito chateada mesmo com esse monte de coisas na minha cabeça quando recebi uma mensagem linda que me deu um motivo maior para não desistir nem desanimar das coisas que eu acho que são boas para mim - e não para agradar a alguém, mas para ME agradar.
Por hora estou aliviada e mais centrada em mim e nas minhas escolhas.
Espero que isso dure muito.

Cíntia

Às vezes passamos por momentos que nós mesmos nem sabemos o porque passamos. Às vezes temos vontade de largar tudo. Às vezes estamos revoltados, magoados, alegres, tristes... Mas de repente, sentimos algo dentro de nós que faz pensarmos bem sobre os nossos atos.
Mas cuidado, nunca desista, siga em frente! Saiba escutar. Sabendo ouvir, aprendemos a ter mais amor pela vida e principalmente em DEUS.
Você pode ficar sua vida inteira sem Deus, mas não morra sem Ele. Você pode enganar um ser humano, mas jamais enganará a Deus, Ele é o mais justo dos advogados. Entregue seus problemas a Ele e creia.  Tenha fé e, sobretudo, se puder, de coração."

.

1 CLIQUE AQUI E COMENTE!:

Giovana Damaceno disse...

Mocinha, pense: para quê serviria uma vidinha monótona, na qual tudo é certinho, cada coisa no seu devido lugar? Família perfeita, casa perfeita, emprego perfeito, chefe perfeito (!!!), homens perfeitos, amigos perfeitos, corpo perfeito (!!!!!!!), enfim, vida perfeita. Que mérito você teria em estar viva? Lutaria pelo quê? Faria o quê por você mesma e pelos outros? Aprenderia o quê com a vida? Que Deus seria esse que colocaria você aqui pra nada?
Tudo na vida tem motivo. Tudo. Reclame, sim, esperneie, jogue uma taça na parede (igual nas novelas, rsrsrs), mas depois do desabafo, trate de aprender com as contrariedades que a vida te impõe. Crescer faz bem à saude.
E por falar em saúde, tire o foco do emagrecimento. Pense apenas que está comendo corretamente e se exercitando. O resto é consequência que vem com tempo. Um tempo que definitivamente não é o seu. Esteja saudável e pronto. Beijo.

ShareThis