terça-feira, 28 de abril de 2009

Biblioteca Virtual

Olha que coisa boa: a Unesco está lançando uma biblioteca mundial virtual. Imagine, um clique e pronto! Um mar de cultura, informação e entretenmimento (porque não?) à sua disposição!
Dezenas de milhares de livros, imagens, manuscritos, mapas, filmes e gravações de bibliotecas em todo o mundo foram digitalizados e traduzidos em diversas línguas para a abertura do site da Biblioteca Digital da Unesco. Eu achei bárbaro, pois sempre quando estamos fazendo pesquisas na internet esbarramos na velha dúvida "...será que isso está correto?" Porque tem tanta gente colocando informações diariamente na rede mundial de computadores que muitas vezes pode acontecer de alguma coisa ou outra sair truncada ou refletir a idéia de quem está escrevendo.
A nova biblioteca virtual vai ter sistemas de navegação e busca de documentos em sete línguas, entre elas o português, e oferece obras em várias outras línguas.


Raridades na tela do computador
Entre os documentos, há tesouros culturais como a obra da literatura japonesa "O Conde de Genji", do século 11, considerado um dos romances mais antigos do mundo, e também o primeiro mapa que menciona a América, de 1507, realizado pelo monge alemão Martin Waldseemueller e que se encontra na biblioteca do Congresso americano.
Entre outras preciosidades do novo site estão as primeiras fotografias da América Latina, que integram o acervo da Biblioteca Nacional do Brasil, o maior manuscrito medieval do mundo, conhecido como a "Bíblia do Diabo", do século 12, que pertence à Biblioteca Real de Estocolmo, na Suécia, e manuscritos científicos árabes da Biblioteca de Alexandria, no Egito.
Até o momento, o documento mais antigo da Biblioteca Digital da Unesco é uma pintura de oito mil anos com imagens de antílopes ensanguentados, que se encontra na África do Sul.


A união faz a força
A Biblioteca Nacional do Brasil é uma das instituições que contribuíram com auxílio técnico e fornecimento de conteúdo ao novo site da Unesco.
O projeto contou com a colaboração de 32 instituições, de países como China, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, México, Rússia, Arábia Saudita, Egito, Uganda, Israel e Japão.
O lançamento do site será acompanhado de uma campanha para conseguir aumentar o número de países com instituições parceiras para 60 até o final do ano.
O objetivo da Unesco é permitir o acesso de um maior número de pessoas a conteúdos culturais e também desenvolver o multilinguismo.


Acesse o site da Biblioteca aqui!




Fonte: BBC Brasil




>>>listening .......... cérebro eletrônico//marisa monte

3 CLIQUE AQUI E COMENTE!:

Kérow More Ice disse...

Que sensacional!

didanda disse...

gostei do blog e adorei o reloginho... posso fazer uma pergunta inusitada? este sobrenome é estrangeiro, não? de que origem?

Cessel disse...

Em tempos de Wikipédia, é sempre bom ter certeza da veracidade da informação.

ShareThis