terça-feira, 13 de abril de 2010

Grandes Pintores | Gustav Klimt

"O Beijo" - Gustav Klimt, 1908.

Como hoje é o Dia do Beijo, me lembrei dessa lindíssima obra de Gustav Klimt, "O Beijo". Ela é repleta de detalhes lindos e minunciosos, o que caracteriza bastante toda a obra desse grande artista que se destacou na arte decorativa e em retratos femininos com forte apelo sexual. Sua pintura sensual e exuberante simboliza o estilo Art Nouveau da virada do século 19 para o século 20. 
Vou falar um pouquinho dele, pois é um grande artista que inaugura o novo tópico que vou ter aqui no blog à partir de hoje: Grande Pintores. Divirtam-se!

Nu Sentado, 1914.

Klimt iniciou aos 14 anos seus estudos artísticos na Escola de Artes e Ofícios e mais tarde (1880) abriu com o irmão Ernst um ateliê de painéis decorativos. Ali realizou seus primeiros trabalhos no Teatro de Karlsbad e no Gurgtheater, numa época em que a arte floral começava a entrar em cena na Europa. Com a morte do irmão, em 1892, Klimt desfez-se do ateliê e inscreveu-se na Sociedade dos Artistas Vienenses. Como dissidência dessa sociedade, fundou em 1897 o grupo Secessão. O grupo editava também a revista "Ver Sacrum", para a qual Klimt realizou diversas ilustrações.

Virgem, 1913 - aqui a anatomia transforma-se em ornamentação
e a ornamentação em anatomia. Típico da última fase de Klimt.

Nessa época, Klimt realizou sua primeira mostra e com a renda da exposição, ele e seu grupo construíram uma sede para o movimento, chamada de "Palácio da Secessão". Porém, Klimt deixou o Secessão em 1905 para unir-se aos pintores austríacos. Com eles, realizou várias viagens pela Europa e desenvolveu uma pintura muito própria - ornamental, linear e feminina, como podemos perceber nessas imagens que anexei no decorrer do post.

Árvore da Vida, 1909.

Aclamado pela sociedade vienense, o artista pintou uma série de retratos de mulheres, entre os quais o retrato de Emilie Flöger, modelo com quem teve um envolvimento. Em seus últimos anos, dedicou-se a paisagens e cenas alegóricas, muitas delas inspiradas pelo pequeno castelo que adquiriu perto do lago Atter. Para muitos, "O Beijo", pintado entre 1907 e 1908, é sua obra-prima.

Em 1910, participou da Bienal de Veneza e no ano seguinte recebeu o primeiro prêmio na Exposição Internacional de Roma. Gustave Klimt morreu em 1918, vítima de um ataque de apoplexia.

2 CLIQUE AQUI E COMENTE!:

Marliborges disse...

Querida, quando li seu comentário, no meu blog, corri pra ler o post sobre Gustave Klimt e, adorei!!! Aliás, seu blog, todo ele é nota mil, sou ligada em arte. Estarei presente aqui mais vezes pois é um cantinho com gosto de quero mais.
Beijo grande.

c i n t i a disse...

Que lindo Marli!
Muito obrigada!!!!

bjs

ShareThis