quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Cães

Quem tem cão de estimação sabe bem as traquinagens que eles são capazes de aprontar. Antes de relacionar tais comportamentos à birra, ciúme ou outro tipo de emoção humana, conheça um pouco mais sobre a mente deles na compilação feita a partir do livro “A Cabeça do Cachorro” (Editora: Best Seller), da pesquisadora Alexandra Horowitz, e aprenda mais sobre como lidar com seu animal. Aproveite também e deixe um comentário abaixo com as peraltices do seu cachorro!


O cachorro não é humano
Por mais que você saiba que são cão não é uma pessoa, talvez nunca tenha refletido sobre isso. Os cães percebem o mundo de forma diferente de nós. Eles podem aprender o que devem ou não fazer, mas nunca vão te desobedecer por “birra” ou qualquer outro sentimento humano. Eles são movidos por instintos, que não devem ser humanizados. O que ocorre, sim, é uma relação de dominação e submissão. É importante que o dono saiba manter seu cachorro submisso ou que procure ajuda profissional para isso.



 Cães sentem apenas dois tipos de emoções: alegria e tristeza
Sentimentos como culpa, birra, raiva envolveriam conexões cerebrais mais complexas do que a dos cães. Eles ficam felizes ou ficam tristes. Todas as outras emoções que achamos que eles sentem são humanizações indevidas do cão. Ele é muito mais fácil de decifrar do que isso.


Há dois tipos de relação possíveis com seu cão: dominação ou submissão
Se você não conseguir dominar seu cão, pode pedir ajuda profissional para adestrá-lo. Mas, acredite, é possível submeter qualquer cachorro à vontade do seu dono, até os mais traquinas.


Nós vemos o mundo, os cachorros cheiram
“Quando um cão se volta para nós, não é para nos ver com os olhos, mas para deixar seu seu nariz nos veja”. O focinho é uma poderosa arma que usam para caçar suas guloseimas preferidas. O olfato é o sentido mais apurado dos cachorros e é a forma como mais conseguem interagir conosco. A partir dos cheiros que emitimos, eles são capazes até de deduzir nossas emoções.


Cães se comunicam (e encontram seu jeito de atrair atenção)
Estudos comprovam que cães apontam para os locais onde sabem que há guloseimas escondidas ou tentam indicar ao dono um objeto que queiram muito morder. E eles aprendem as técnicas para chamar a atenção de seus donos. Se, por exemplo, abocanhar seu sapato preferido ou tirar seu cobertor e sair correndo faz com que você se movimente sua direção, pronto, ele sente que te ganhou, mesmo que por alguns minutos.


O cachorro é o animal que melhor observa os humanos
Eles estão antenados com o que estamos fazendo o tempo todo e sabem o que é ou não comum. Conseguem detectar para onde nossos olhos estão apontando e descobrir, por exemplo. Em pesquisas feitas por especialistas, os cães se saíram melhores até do que os macacos e chimpanzés para seguir instruções humanas.


Cães são lobos domesticados
Os ancestrais dos cachorros eram lobos que foram domesticados durante centenas de anos. Nesse período, sofreram mutações genéticas e hoje são animais mansos (na maioria das vezes), que convivem em harmonia com seus donos. Mas a herança genética dos lobos continua lá e pode ser percebida em uivos, latidos mais fortes, rosnadas ou até na caça de um passarinho desavisado.


Cães preferem humanos a outros cães
Em diversos estudos foi comprovado que os cães preferem a companhia e a liderança de seres humanos do que permanecer em bando com outros cães, como faziam seus ancestrais lobos. Está cientificamente provado: o cão é mesmo o melhor amigo do homem.


Fonte: IG / Delas / Comportamento
Texto: Natália Garcia
"Meu  cachorro é do barulho" - 06/01/2011

8 CLIQUE AQUI E COMENTE!:

Mimirabolante disse...

Que postagem sensacional !!!! bjcas

Giovana Damaceno disse...

Perfeito!

YuRii disse...

eu sempre imagino emoções humanas nos cães hahahaha.. pelas carinhas deles... a gente chega a humaniza-los mesmo!

Daniela Lima disse...

O cão é um parasita bem sucessedido do afeto humano, eles podem continuar me parasitando que eu não me importo nem um pouco!! rssss

Raquel Almeida disse...

Tô indo buscar minha bebezuda de 3 meses semana que vem... Adiei várias vezes e não vejo a hora dela chegar. Mas confesso que tô morrendo de medo de não dar conta da educação rsrs Será que perdi a forma? Não tenho cachorras há anos, desde que fui morar em apartamento e agora o quintal novo merece uma dona!

Daniela Lima disse...

Parasita bem sucedido, que palavra foi essa que escrevi no meu comentário acima??? rsss... vim ver se tinham novas opiniões sobre o texto e me deparo com um erro horrível cometido por mim..affffffffffffff

c i n t i a disse...

Hahahaha, Daniela, eu achei seu comentário ótimo! Se formos parar para pensar, eles são mesmo parasitas do nosso carinho e afeto, não é verdade??
Adorei!!!!!

c i n t i a disse...

Yuri, a gente hunamiza meeesmo essas figurinhas fofas!!!

Raquel, não se preocupe! Se vc já teve cães antes o amor vai ser tão maior ou igual ao anterior! Boa sorte!!!

Bjs
Cintia

ShareThis